Projeto Biomas Logo do Projeto Biomas

No Brasil a mão que produz é a mesma que preserva o meio ambiente

Realização:
Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Embrapa
// 02/05/2017

Projeto Biomas é referência para instalação de Unidades de Referência Tecnológica no Nordeste

Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa, Pantanal

Brasília / 02/05/2017 - O sistema CNA e a Embrapa Ovinos e Caprinos planejam parceria para instalar 12 unidades de referência tecnológica no campo, onde serão conduzidos experimentos para identificação das melhores variedades forrageiras, sejam graminhas ou leguminosas, que se adaptam melhor  as condições de seca no semiárido.

Na última semana, os parceiros estiveram reunidos na sede do Sistema CNA/SENAR, em Brasília, para debater sobre a concepção e o planejamento do projeto para os próximos dois anos. Durante a reunião, diversos conceitos empregados pelo Projeto Biomas foram utilizados como referência para a instalação das Unidades de Referência Tecnológica no Nordeste. 

"A parceria tem muitas semelhanças com o Projeto Biomas. Ambos envolvem pesquisas práticas, desenvolvidas em unidades descentralizadas localizadas em propriedades situadas em distintos estados do país. Esperamos utilizar a expertise adquirida nos últimos 7 anos de projeto biomas para colaborar com a instalação das unidades de referência tecnológica", explica Cláudia Rabello, coordenadora executiva do Projeto Biomas na CNA.

Unidades de Referência Tecnológica 

As URTs são Unidades de Seleção, Adaptação e Desenvolvimento de plantas forrageiras tolerantes à seca e seu uso racional no semiárido brasileiro.

A pesquisa desenvolvida nestas unidades ajudarão produtores rurais a buscar soluções economicamente viáveis para conviver com a seca e melhorar a produção no nordeste.

 

Sobre o Projeto Biomas

Lançado em 2010, o Projeto Biomas é fruto de uma parceria entre a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), com a participação de mais de quatrocentos pesquisadores e professores de diferentes instituições, em um prazo de nove anos. Os estudos estão sendo desenvolvidos nos seis biomas brasileiros para viabilizar soluções com árvores para a proteção, recuperação e o uso sustentável de propriedades rurais nos diferentes biomas.

O Projeto Biomas conta com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), do Serviço Brasileiro de Apoio à Pequena e Média Empresa (SEBRAE), da Monsanto, John Deere e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109 1419
cnabrasil.org.br
canaldoprodutor.tv.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA

Compartilhe: